27 janeiro 2010

bilhão, obama e vontade

Quanto dinheiro uma pessoa precisa?
Sério. Pra viver bem, pra ter segurança, saúde, e uma velhice tranquila?
Cem mil? Quinhentos? Um milhão? Dez? Cem? Um bi?
mais que isso?
quanto uma empresa tem que lucrar por ano? qual sua rentabilidade? o valor das ações? o retorno sobre o PL?
No mundo ideal deveriam haver travas da fortuna, na linha do atingiu essa régua o dinheiro vai para um fundo gerido por ganhadores do prêmio nobel e outros pensadores e será destinado a construir um futuro melhor para o planeta.
Corta. Emenda noutro assunto.
Obama - esse menino é levado diriam os mais velhos. E tem as bolas por assim dizer. Desde que assumiu fez questão de colocar o dedo nas feridas mesmo sabendo do custo político que isso acarretaria, a dita baixa popularidade. Neguinho pega o país e junto uma crise tectônica, e maquiavélico descasca a lenha na saúde, nos bancos, bota regra aqui e cabresto ali, e é gol. Bondade de conta-gotas e maldade numa cacetada.
Nunca saberei a verdade, mas é típico de quem se preocupa com o país e não consigo.
Muito, mas muito diferente da nossa classe política.
E a questão aqui é a vontade. A falta dela.

Nenhum comentário: